Moderadores: Henrique Figueiredo (ULSLO-CHLO) e Carla Silva (ULS Alentejo Central – HESE)

  • FOP: peculiaridades anatómicas que tornam o encerramento desafiante​ – Leandro Carvalho (ULS Santo António – CHUSA)
  • Intervenção coronária percutânea (doença estável) em contexto de TAVI – quando tratar? pré, pós ou nunca? – Cristina Neves (ULS Coimbra-CHUC)​
  • Novas abordagens percutâneas da insuficiência tricúspide​ – Cristina Fondinho (ULS São José – CHULC)
  • Adaptação à nova realidade de escassez de materiais na sala de hemodinâmica – Inês Mendes (ULSLO-CHLO)
Março 25 @ 11:30
11:30 — 13:00 (1h 30′)

Sala 1